E não podia esquecer... os meus óculos de sol!
Beleza & Moda

E não podia esquecer… os meus óculos de sol!

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

 

Natércia Barreto imortalizou a canção que todos nós já cantámos a caminho da praia, num dia de verão; “os meus óculos de sol que levo para chorar sem ninguém ver”. Mas muito mais há a revelar sobre este adereço de glamour e de mistério, até porque se celebra a 27 de junho, o Dia Nacional dos Óculos de Sol, no intuito da tomada de consciência das pessoas para a necessidade de protegerem os olhos dos raios solares.

 

“First things first”: Olhos saudáveis

Mais importante que o estilo, há que ter em consideração que os óculos escuros são muito mais do que um acessório de moda; são aliados de uma visão saudável, que devem proteger os olhos dos raios ultravioletas que comprometem a visão. O hábito de usar óculos escuros, pode evitar lesões ou doenças oculares como queimaduras, cataratas, pterígio, envelhecimento prematuro e até, neoplasia maligna. Por essa razão, é da maior importância que os seus óculos escuros consigam bloquear pelos menos, 99% dos raios UVA, e especialmente 95% dos UVB, os mais perigosos; certificando-se de que a sua escolha impeça que a luz do sol entre pelas laterais ou pela área superior. Os óculos escuros com lentes polarizadas, devem ser usados por toda a população, especialmente por profissionais que estão expostos ao sol por longas horas, como por exemplo; profissionais da construção. Isto, porque o filtro das lentes polarizadas minimiza e protege mais os olhos dos efeitos nocivos da luz intensa refletida das superfícies (estrada, água, neve, metais, etc). Além disso, estas lentes aumentam o contraste tornando a imagem mais nítida e, ao mesmo tempo, proporcionando um aumento no conforto visual.
As cores das lentes mais comuns das lentes polarizadas são as cinza – que não alteram as cores dos objetos, e por isso são recomendadas para dias nublados; as lentes castanhas que melhoram o contraste e são ideias para os dias com variação de clima e atividades ao ar livre, por bloquearem boa parte da luz solar e proporcionarem conforto aos olhos; e por último, as lentes amarelas – conhecidas pelo seu alto contraste, aumentam a profundidade em ambientes nocturnos; e são por isso perfeitas para a condução à noite.

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Formato do rosto e estilo de óculos

Para descobrir o formato do rosto, deve-se prender o cabelo e tirar uma foto somente do rosto, sem sorrir. Depois, olhando para a foto, deve-se imaginar ou traçar uma linha vertical que divide o rosto, que será a linha do comprimento do rosto, e outra na horizontal, na altura da maçã do rosto, que será a linha da largura do rosto. Estes traços ajudam a determinar a angulação e saber o comprimento e a largura que delimitam o formato do seu rosto.

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Rosto Triangular

Este tipo de rosto, mais largo na testa, tem as maçãs bem proeminentes e vai afinando em direção ao queixo, que geralmente é estreito. Também é chamado de “rosto coração” ou rosto triangular invertido (rosto mais largo em cima do que em baixo). Celebridades com este tipo de rosto: Reese Witherspoon, Scarlett Johansson, Naomi Campbell, Eva Longoria, Gwyneth Paltrow.

Modelos recomendados:

Redondos – Wayfarer – “Cat Eye” – Ovais – Aviators – de armação de meio aro, e sem aros. Evitar armações que ultrapassem a lateral do rosto.

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

 

Rosto Redondo

O rosto redondo não tem ângulos definidos. É mais curto e mais largo do que o oval, com a testa e o queixo mais arredondados e maçãs do rosto de contorno suave. Celebridades com este tipo de rosto: Selena Gomez, Kirsten Dunst, Cameron Diaz, Queen Latifah.

Modelos recomendados:

Retangulares – Quadrados – Wayfarer – “Cat Eye” – O segredo é evitar linhas arredondadas, optar por modelos geométricos, evitando modelos grandes, de forma a equilibrar o rosto com ângulos bem acentuados. Se apreciar modelos com detalhes em pedras, padrões e “design”, este é o rosto ideial para os usar.

 

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol! Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Rosto Oval

Rosto oval é o mais proporcional de todos, naturalmente equilibrado. Possui as maçãs do rosto mais largas que a testa e que o maxilar, que por sua vez têm a mesma largura. Celebridades que se enquadram nesta tipologia: Julia Roberts, Beyoncé, Rhianna, Elle MacPherson.

Modelos Recomendados:

Qualquer modelo! Não há como errar, porque tudo lhe fica bem.

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol! Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

 

Rosto Quadrado

O oposto do formato acima, este rosto tem ângulos bem marcados e o maxilar é praticamente reto. Há pouca diferença na largura da área do queixo, das têmporas e da testa. As maçãs são menos evidentes. Celebridades que pertencem a este grupo: Demi Moore, Sandra Bullock, Lucy Liu.

Modelos Recomendados:

Ovais – Arredondados – “Cat Eye” – Aviators – Evite óculos quadrados ou muito angulosos, sem muitos vértices e cantos, para balancear as formas já tão angulosas do rosto. Dizem que o modelo ideal são os “aviators”, com as laterais curvadas. Caso opte pelo “Cat Eye”, este também deve ter contornos arredondados e suaves.

 

Tendência Primavera-Verão 2021

Para a estação Primavera-Verão 21, os óculos de sol mostram pouca evolução em relação aos outros anos. Óculos de proteção, viseiras e máscaras estão entre os estilos mais retrospetivos e avant-garde, enquanto o espetro oposto oferece interpretações futuristas. Nos dias que correm, os óculos de sol deixaram de ser um acessório prático e cool, transformando-se numa atitude.

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol! Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

“Oversized”

 

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol! Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Coloridos

 

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Armações Brancas

 

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Lentes Amarelas

 

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Lentes Pretas

 

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

Viseiras

 

 

Factos só para curiosos

  • No século XII, os juízes nos tribunais chineses, já recorriam aos óculos escuros enquanto interrogavam as testemunhas, de forma a esconderem as suas emoções.
  • Há vestígios de que o imperador Nero, no século I, já usaria uma lente verde para se proteger da luz do sol, enquanto assistia a lutas de gladiadores.
  • Foram os franceses, no século seguinte, que introduziram um novo design e o nome de pince-nez (pinça de nariz), porque ficava preso na ponta do nariz.
  • Nos séculos XIX e XX, os médicos prescreviam óculos com lentes cor de âmbar, aos pacientes de sífilis, já que um dos sintomas da doença era a alta sensibilidade à luz.
  • Deve-se aos esquimós os primeiros óculos de sol da História, que na realidade eram óculos de neve, feitos de osso, pele ou madeira, que os protegia dos reflexos do sol na neve. Vestigíos arqueológicos com 2000 anos foram encontrados no Alaska. Os inuitas da cultura Thule, trouxeram os óculos de sol para o Canadá, há 800 anos, que foram recolhidos a norte de Baffin, e que estão hoje expostos no Canadian Museum of Civilization, em Gatineau, no Quebec.

 

Revista Amar -E não podia esquecer... os meus óculos de sol!

 

  • Nos anos 20, os óculos de sol tornram-se populares através das estrelas de cinema, e começaram a ser vendidos pela primeira vez em massa, nas praias de Atlantic City, New Jersey, por um visionário, Sam Foster.
  • A patente dos óculos com filtro polarizado – “Polaroid”, deve-se a ao inventor Edwin H. Land, em 1936. Antes dele, Sir David Brewster – inventor do caleidoscópio, encontrou o ângulo que possibilita a transmissão de um plano polarizado; que foi a descoberta científica no campo da óptica que possibilitou Land a prosseguir com o estudo da polarização.
  • Marcas pioneiras em óculos de sol: a Prada desde 1913; a Ray-Ban, a Persol, desde 1917 – a primeira a desenhar óculos para pilotos de corridas de carros. Dior a partir de 1946, e a Oakley, nos anos 70, especializada em óculos de sol desportivos – e que curiosamente, começou numa garagem!

Tendências ao longo das décadas

 

Tendências ao longo das décadas

Anti-Glare Aviator: Como nasce um clássico

O tenente e piloto de testes da Força Aérea dos Estados Unidos, John MaCready durante uma viagem de balão, ficou demasiado tempo exposto aos raios solares, o que ocasionou irritação e danos em sua retina. Foi então que ele procurou a Bausch & Lomb, a tradicional empresa óptica fundada em 1853, para que desenvolvessem uma proteção ocular para os pilotos de caça, que enfrentavam sérios problemas de visibilidade, em virtude dos intensos raios solares e do embaciamento. Garantindo neste sentido um campo claro de visão, aliado com uma boa aparência para manter o status de poder dos militares da época. Em 1936, a empresa apresentou os óculos Anti-Glare Aviator (inspirados nas primeiras máscaras criadas para pilotos de avião no início do século anterior). Munidos de lentes verdes de cristal mineral especial, com armações de metal, banhado a ouro, pesavam apenas 150 gramas. As sua lentes refletiam e bloqueavam um alto percentual da luz visível, assim com os raios ultravioleta e infravermelho, prejudiciais à saúde ocular. Foi assim que apareceu o primeiro modelo dos Aviators Ray-Ban, para uso exclusivo dos pilotos americanos.

A fama dos Aviators só aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial, na ocasião do General Douglas MacArthur ser fotografado a desembarcar numa praia das Filipinas, usando os seus Ray-Ban espelhados! Esta foto deu a volta ao mundo, e imediatamente, as Forças Armadas francesas, aderiram ao modelo de óculos militar americano.

A título de curiosidade, hoje em dia, os Ray-Ban são manufaturados em Itália e na China, que é o maior exportador da indústria da óptica. Se o modelo for feito na Itália, como é o caso do modelo Wayfarer, haverá indicação da origem na haste. Contudo, os modelos produzidos na fábrica oficial da China, o país de origem não será menionado nos par de óculos; apenas na embalagem.

 

Ray-Ban notáveis em rostos famosos

Usados há mais de 70 anos, por estrelas de cinema, cantores de rock e políticos; para além de serem os únicos a ficarem bem em todo o tipo de rostos, continuam sendo os mais clássicos. Celebridades como o Robert Redford, Bob Dylan, John F. Kennedy, e até mais recentemente, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, elegeram-no como primeira escolha acima de qualquer outra. Quando na década de 50, o modelo Wayfarer surgiu no rosto de James Dean, em “Rebel Without a Cause”, e Audrey Hepburn estreou os seus, no filme “Breakfast at Tiffany´s”, causaram grande sucesso. E quem não se lembra de Tom Cruise, em “Top Gun”, em 1986, com os seus Aviators! Três anos antes, Cruise já tinha obtido um enorme sucesso em “Risky Business”, quando exibiu os Ray-Ban Wayfarer.

 

Tendências ao longo das décadas Tendências ao longo das décadas

 

Este mesmo modelo da Ray-Ban, mudou a vida do o cantor canadiano, Corey Hart, que obteve o maior sucesso da sua carreira pop, com o tema “Sunglasses at Night”. Certa vez em Londres, adquiriu os seus Wayfarer, mas nunca os pôde usar, por estar constantemente a chover. Regressado ao Canadá com uma melodia que não lhe saia da cabeça e a pensar que podia ter usado os seus óculos de sol à noite enquanto lá esteve; esta canção surgiu por impulso. Regressou a Londres para a gravar, e usou os seus Wayfarer no videoclip!

As curiosidades sobre os icónicos modelos da Ray Ban, são todas interessantes, mas termino com uma bem divertida. O modelo Wayfarer tipo Cat Eye, criado nos anos 50, e divulgado por imagens de estrelas de cinema como Marilyn Monroe e Grace Kelly; foi desenhado com base nos carros “rabos de peixe”, como o Cadillac e o Chevrolet Bel Air, e por essa razão, os óculos de sol têm esse detalhe nas pontas!

Maria João Rafael

Consultora de Imagem

Redes Sociais - Comentários

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo